RELEMBRANDO

A NOSSA ETERNA RAINHA

 

Em 1958, a "I Festa das Hortênsias", foi um evento decisivo para a cidade de Gramado. Nossa eterna Rainha, relembra com emoção, a alegria e responsabilidade de receber o título. Autora do livro “O Lago, as Hortênsias e o Turismo”, Dona Iraci Casagrande Koppe comenta com toda a elegância que lhe é peculiar: “O tempo passou depressa para todos que conviveram na Sociedade Recreio Gramadense. O baile de coroação da I Rainha das Hortênsias, que fui eu mesma, com muito orgulho foi realizado na nossa segunda sede da Sociedade Recreio, já de alvenaria. Baile belíssimo, autoridades e amigos presentes". Segundo registros, o marco inicial que destacou Gramado no cenário gaúcho e brasileiro. 

 

 Iraci Casagrande Koppe participando do Projeto Relembrando na Recreio

  

Todos os bailes de coroação das Rainhas das Hortênsias aconteceram na Recreio Gramadense, com belas candidatas. “Me emociona muito contar como foi", diz. "Gramado recém havia se tornado município. Primávamos pelas belezas naturais daqui. Além das belezas maravilhosas das hortênsias que parecia uma pintura na natureza, havia eleições para Rainha das Hortênsias”.

 

 Clipagem Acervo Histórico de GramadoCorrespondente Remy H. Zatti.Arquivo Publico João Leopoldo Lied

 

Foi um evento de grante porte e bem organizado que envolveu a comunidade. A imprensa divulgou em todo o Brasil. “Eu recebi uma cartinha em casa dizendo que havia sido escolhida para ser candidata ao título”, conta. Na época, foram cinco candidatas, as de maior destaque em votos comprados. “Eu fui a terceira mais votada. Ocorreu que uma das concorrentes me chamou dizendo que achava que eu não deveria mais participar, porque sendo uma das mais velhas, não teria chance. Então eu disse a ela que não precisava se preocupar, porque se o motivo era esse, naturalmente não me classificaria. Não desisti. No fundo eu sabia que levaria o título, estava confiante e preparada para apresentar o melhor de mim, com desenvoltura e segurança”.


Iraci Casagrande. Acervo Pessoal.

 

Clipagem Acervo Histórico de Gramado"O Diário de Notícias". Arquivo Publico João Leopoldo Lied

 

O Concurso aconteceu às 11 horas da manhã, nos dias 07 e 08 de dezembro. “Lembro-me dos amigos que vieram torcer por mim, de Novo Hamburgo, São Leopoldo, Caxias e Porto Alegre. O júri intelectual, composto de escritores, radialistas, jornalistas e poetas, intimidava. Recordo-me claramente das entrevistas e do desfile. Respondi à todas as perguntas”, conta.

 

Coroação da Rainha e das Princesas da I Festa das Hortênsias: Rainha da Festa da Uva Zilá Turra, Princesa da I Festa das Hortênsias Rosalina Petersen, Rainha Iraci Casagrande, Princesa Irani Stürmer

 

Sobre  o momento da divulgação do resultado, Dona Iraci lembra-se de um silêncio absoluto. “Quando anunciaram o meu nome, eu nunca mais vou esquecer.  Fui abraçada elegantemente pelas outras candidatas e pensei: Muito obrigada Deus por ter me escolhido. Agradeci a todos pela eleição, disse que estava muito orgulhosa e dividia esse título com todas as meninas gramadenses, porque participar deste concurso significava muito mais do que receber o título, mas mostrar que Gramado era a mais bela cidade de turismo”

 

 

  

Clipagem Acervo Histórico de Gramadoreportagem de José Monserrat Filho. Arquivo Publico João Leopoldo Lied

    

 

APOIO: